Blog

12 Maneiras de transformar um “Eu não sei” em um Momento “Aha”!

 

Muitas vezes quando o Coachee diz: “Eu não sei”, na realidade ele sabe, mas é desconfortável enfrentar a resposta. Quando confiamos em nossos instintos de Coach e o ajudamos a falar dessa verdade que o incomoda, seja lá qual for, podemos ser recompensados com um momento “Aha!”.

O “Eu não sei” de um Coachee pode representar muitas coisas. A experiência mostra que os Coachees sabem o que realmente precisam fazer, mas ainda não estão prontos para fazê-lo. Pode ser que eles não confiem em nós o suficiente e tenham medo do que poderemos pensar deles. Eles podem ter medo de falar a verdade porque o seu (eu) crítico interior acha que a resposta é ridícula ou imatura (“Não seja um bebê!”). Ou, talvez eles pensem que se disserem a resposta em voz alta terão que se comprometer a fazer algo assustador.

Quando as pessoas não reconhecem o que estão REALMENTE pensando, eles estão rejeitando, essencialmente, uma parte de si mesmos. Isso significa que eles estão mais focados em quem eles pensam que DEVEM ser antes do que eles realmente são. É provável que os seus “Eu não sei”, a sua falta de vontade de enfrentar a verdade do que pensam e sentem é o que os impede de avançar.

A correto não é ajudá-los a agir, mas ajudar a enfrentar seus pensamentos e sentimentos com honestidade. Quer sejam “eu sei que preciso sair do meu trabalho, e tenho medo” ou “é mesquinho, mas eu não quero pedir desculpas” ou “acho que sou um covarde”; “Fico aterrorizado porque eles irão rir de mim “ou” “Eu sei que preciso enfrenta-los, mas odeio o conflito e temo que ele acabe com nossa amizade “.

Agora temos a verdade – e algo real para trabalhar.

Isso pode requerer um trabalho profundo. É importante lembrar que, se fosse fácil para o nosso Coachee dizer em voz alta e reconhecer a sua verdade, eles já teriam feito isso.

Quando o Coachee assume a postura firme e corajosa de falar a sua verdade desconfortável é como dar um mergulho – assustador, mas emocionante. Muitas vezes, também é um alívio. Então, a partir da sua verdade incômoda, você pode olhar mais profundamente sobre seus sentimentos, desejos, medos, julgamentos, suposições e crenças limitantes. E você, Coach, pode ajudá-los a avançar.

A partir de então você pode ajudá-lo a quebrar algo difícil em pequenos passos, descobrir novas / melhores opções ou encenação. Você também deve preparar planos de backup antes que o pior aconteça. O MAIS importante, você está ajudando seu Coachee a se conhecer como um todo (a pessoa completa) – os chamados “bons” bits, bem como os “ruins“.

Enfrentar a nossa verdade, por mais dolorosa que seja, é o que nos liberta. Isso geralmente é o que nos proporciona os momentos Aha!

Aqui estão 12 maneiras de transformar “eu não sei” em um momento “Aha”!

  1. Basta usar o silêncio. Não responda e espere calmamente sua próxima resposta.
  2. “Como é que você não sabe?”
  3. “Como você se beneficia de não saber?”
  4. “Como você se sente agora, enquanto pensa em responder a esta pergunta?”
  5. Sendo sensível e usando o seu bom relacionamento: “Hmmmm. Eu me pergunto o que você está fingindo não saber? “
  6. “Se você se permitir falar em voz alta o que quer que você esteja evitando pensar e sentir, por mais infantil, tolo ou mesquinho que possa parecer, qual seria?”
  7. De forma suave: “O que está embaixo (ou por detrás) do ‘Eu não sei’?”
  8. Lentamente: “Respire fundo e permita-se sentir a questão por um momento. Relaxe neste lugar “não sei”.
  9. “Então, se (o que eles não sabem sobre…) teve uma cor / cheiro / gosto / som, qual seria?”
  10. “Eu também sinto isso às vezes. Segure isso por um tempo com você mesmo e me avise quando tiver pensado em algo”.
  11. “Se você, secretamente, soubesse a resposta e ninguém (nem eu, você ou qualquer outra pessoa) pudesse julgá-lo ou fazer suposições, qual seria?”
  12. “Imagine que você está em um helicóptero que voa sobre o mapa de sua vida. O que você percebe sobre sua vida que emerge durante este voo? Olhando sob esta nova perspectiva, como você responderia à pergunta agora? “

Importante: quando encorajamos nossos Coachees a se revelarem, eles devem confiar e se sentirem seguros o suficiente para estarem vulneráveis conosco. O que parece pequeno ou sem importância para nós pode ser significativo para eles. Não tenha pressa. Seja amável, compassivo e compreensivo. Lembre-se de refletir sobre o que disseram e de confirmar a compreensão, sem julgamento. Seja um Coach. Seja VOCÊ.

Agora você nunca mais precisa se sentir preso pelo “eu não sei” novamente. Tenha paciência. Use uma dessas questões e, nunca se sabe, pode ser VOCÊ quem terá o momento Aha!

 

Emma-Louise Elsey é Coach desde 2003. É fundadora da The Coaching Tools Company.com, Life Coach in the Go e Simplicity Life Coaching Ltd.

As visualizações e opiniões expressas em postagens de convidados apresentadas neste blog são as do próprio  autor e não refletem necessariamente as opiniões e visões da International Coach Federation (ICF). A publicação de uma postagem de convidado no Blog da ICF não equivale a um endosso ou garantia da ICF.